Opções de pisos

August 11, 2017

Hoje uma de nossas clientes trouxe uma dúvida que também é a dúvida de muitos. Qual a diferença entre os revestimentos de piso elevado. Vamos tentar esclarecer algumas dúvidas, ok?

Piso é um assunto extremamente amplo, afinal temos os mais diversos modelos, cores e formatos disponíveis. Também devemos levar em consideração que o mercado está sempre inovando e trazendo novas tendências.

 

Já que temos tantas opções porque aproveitar em nossos projetos? Para isso precisamos conhecer o produto antes de especificar.

 

Os pisos de madeira são divididos em dois grupos o de madeira natural e o laminado.

 

Pisos de madeira

 

 

O piso de madeira natural são carpetes e assoalhos composto por um compensado revestido de laminas de madeira natural.

 

São feitos a partir de ripas de madeira natural e fixados no contra piso. A madeira destinada a esses pisos devem ser seca por exposição ao ar ou por uma estufa apropriada.

 

A madeira é um material que altera o volume de acordo com a umidade e temperatura do local. É normal acontecer pequenas alterações de tamanho.

 

Apesar de vir da mesma matéria prima tanto a cor e quanto os veios de cada peça podem variar trazendo singularidade.

 

O piso de madeira maciça tem disponível em vários formatos, possui 8mm de espessura e 5,72 cm de largura. Já o comprimento são tamanhos fixos de 30,5 cm, 61,0 cm, 91,5 cm e 122,0 cm. Aqui no Brasil temos as mais variadas espécies como Jatobá, Ipê, Péroba Tropical, Tauari.

 

A instalação é feita no final da obra. O ambiente deve estar totalmente protegido com portas e janelas instaladas. Após a instalação é comum as peças se movimentarem aparecendo frestas ou desníveis. Mas é possível corrigir.

 

Pisos laminados

 

É um piso formado de laminas de madeira. Seu comprimento e largura pode variar de acordo com o modelo.

 

A camada superior é composta por uma estampa decorativa e uma camada protetora de resina de melamina, essa camada é chamada de overlay.

 

O laminado cumpre um importante papel de isolante térmico e acústico.

 

Temos hoje no mercado dois tipos de piso, o de madeira e o de alto tráfego. 

 

O laminado de madeira tem em média 7mm de espessura.

 

O uso é indicado para residências e ambientes de tráfego leve. São de fácil aplicação, limpeza e antialérgico.

 

Já o laminado de alto tráfego é composto de micro partículas de madeira prensadas em alta densidade, esse material é chamado de HDF. Assim como o laminado de madeira, também possui uma estampa decorativa.

 

O laminado alto tráfego é resistente ao desgaste, luz natural, manchas, brasas de cigarro e riscos. É de fácil limpeza e instalação. Uso indicado para ambientes residenciais e comerciais.

 

Piso laminado x Piso de madeira

 

As vantagens do piso laminado em comparação ao piso de madeira são:

 

O custo é bem menor em relação ao de madeira;

 

É feito com madeira de eucalipto de florestas certificadas, por tanto, é ecologicamente correto;

 

O laminado é instalado por encaixe macho e fêmea;

 

O piso de madeira normalmente envernizar é necessário, causando transtorno ao cliente, pois o cheiro é forte e a sujeira grande.

 

Carpetes

 

Os carpetes de madeira oferecem menor resistência do que o laminado. Normalmente são aplicados da mesma forma que os pisos laminados de alto tráfego.

 

Temos disponíveis no mercado o carpete em placa ou em manta.

 

O carpete em placa é de fácil manutenção e indicado para ambientes corporativos e ideal para pisos elevados com alto tráfego. Em ambientes corporativos seu uso é comum pois facilita a manutenção da rede. Possui tamanho de 50x50 cm e variações de cores e modelos.

 

O carpete em manta possui alta resistência. Ideal para o ramo hoteleiro. Em média possui a largura de 3 metros e comprimento variado.

 

O carpete são confeccionados em nylon ou polipropileno sobre uma base de PVC. São de fácil remoção e possível reinstalação. É utilizada uma cola especial para fixação.

 

Piso vinílico

 

O piso vinílico tem como forte caracteristica o desempenho acústico e espessura fina. Essa opção de piso praticamente acaba com qualquer barulho que possa ser gerado no piso, ideal para ambientes como estúdios. 

 

O material é flexível, antialérgico e antiderrapante. Porém o custo é mais alto que o laminado, por exemplo. Pode ser aplicado sobre outros pisos, exceto madeira, em locais totalmente seco.

 

Outro nome do piso vinílico é piso de PVC. É feito da camadas de PVC e vários minerais, por tanto é considerado ecológico.

 

Para a instalação é necessário um produto químico. Não é recomendado a instalação em desníveis, se instalados podem apresentar problemas. Para limpeza e conservação um pano úmido é o suficiente.

 

Assim como o piso laminado não podem entrar em contato com a água.

 

A variedade de texturas vai desde a madeira até cimento queimado.

 

Share on Facebook
Please reload

Please reload

Destaques

Museu do Amanhã: Exposição Nós

September 28, 2017

1/7
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Instagram
  • Facebook
  • You Tube
Postagens

September 22, 2017

Please reload

  • Facebook
  • Instagram
  • You tube

Endereço: Rua Comendador Eduardo Saccab, 215 Cj. 212 - São Paulo , SP

Email: arquitetura@belalopes.com

 Telefone (11) 99930-4080